Márcia Luz conta história da museóloga Sylvia Athayde à frente do Museu de Arte da Bahia – Jornal Correio

Um projeto iniciado há seis anos finalmente ganhou forma. A jornalista baiana Márcia Luz comemorou a chegada da prova impressa do livro-reportagem de sua autoria sobre a história da museóloga Sylvia Athayde à frente do Museu de Arte da Bahia durante 24 anos. A obra, que integra a Coleção Gente da Bahia, ainda não tem data confirmada para lançamento.

“Depois de uma longa espera pela publicação, sinto um misto de expectativa e realização ao ver o livro, enfim, se materializando. Este projeto não é só meu. É também da família, dos amigos de Sylvia e das pessoas que defendem e amam as artes e que conheceram de perto toda a trajetória e dedicação desta mulher incrível ao Museu de Arte da Bahia, com sua história e relevância para a nossa cultura. Tem muitas participações importantes”, disse a escritora ao portal Alô Alô Bahia. “O livro traz um relato de tudo que ela fez, das grandes exposições realizadas, obras restauradas e adquiridas e seu amor e dedicação às artes”, acrescenta.

A coleção Gente da Bahia, série que resgata a história de várias personalidades que tiveram uma contribuição para a cultura no estado, como o geógrafo Milton Santos, o artista Calasans Neto e o médico Juliano Moreira. “É uma honra contar essa história e ter recebido a colaboração de pessoas muito especiais ligadas à arte em diferentes cidades, como Salvador, Rio de Janeiro, Lisboa e Paris”, diz Márcia.

Leia mais em Alô Alô Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *