Polícia identifica autor do atentado que deixou um morto e um ferido em União dos Palmares – Correio de Alagoas: Notícias e Esportes

A Polícia descobriu que os criminosos que assassinaram um homem, identificado como Gean Guedes da Silva, de 34 anos, e deixou o pai dele ferido, se passaram por policiais. Um deles foi identificado após deixar a carteira com os documentos cair. Testemunhas contaram em depoimento que o rapaz estava trabalhando na reconstrução da casa de seu…

A Polícia descobriu que os criminosos que assassinaram um homem, identificado como Gean Guedes da Silva, de 34 anos, e deixou o pai dele ferido, se passaram por policiais. Um deles foi identificado após deixar a carteira com os documentos cair.

Testemunhas contaram em depoimento que o rapaz estava trabalhando na reconstrução da casa de seu pai, que foi atingida pela enchente de 1º de julho, quando os três homens chegaram e renderam o pai e o filho, se dizendo policiais.

Os homens estavam à paisana, e usavam apenas uma máscara de proteção contra a Covid-19 no rosto. Eles simularam uma abordagem de revista comum e quando Gean levantou as mãos e se virou contra a parede, começaram a atirar nele.

O pai de Gean, quando viu os disparos tentou correr, mas acabou atingido na perna, e o rapaz morreu na hora. Ainda segundo testemunhas, depois do crime, os homens retiraram as máscaras e se evadiram calmamente do local. Um dos criminosos deixou cair uma carteira com todos os documentos depois do crime. A carteira foi levada para o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Murici e os documentos já estão à disposição do delegado titular que investiga o caso.

O sepultamento de Gean aconteceu no fim da manhã desta segunda-feira, 25. Ele deixa a esposa grávida de gêmeos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *