Campinense bate o Ferroviário, volta a vencer em casa na Série C após três meses e segue vivo na luta contra o Z-4 – ZERO83


Compartilhe

O Campinense venceu o Ferroviário pelo placar de 2 a 0, no Amigão, e se reencontrou com as vitórias diante de sua torcida na Série C do Campeonato Brasileiro após quase três meses. Os gols da vitória foram marcados pelo estreante Willian Anicete, aos 33 minutos do primeiro tempo, e por Carlos Maia, aos 31 minutos da etapa final. Com o resultado, a Raposa chegou aos 15 pontos na tabela, empatou com o Ferroviário, primeiro time fora do Z-4, mas ainda assim não sairá da zona de rebaixamento nesta rodada por ter menos vitórias que a equipe cearense.

Primeiro tempo

A primeira etapa teve início com o Ferroviário indo para cima do Campinense e tentando surpreender a Raposa. Com Dudu e Cariús, o Tubarão pressionou durante grande parte da primeira etapa e teve chances de abrir o marcador. No entanto, quem foi com mais efetividade ao ataque foi o Campinense, que, comandados por Dione, chegaram com perigo à meta do goleiro Jonathan. Aos 33 minutos, após bola alçada na área e não afastada pela defesa do Ferroviário, Emerson escorou para o estreante Willian Anicete, que, de primeira, encheu o pé e abriu o placar na chuvosa Campina Grande. Mesmo após o tento raposeiro, o Tricolor da Barra continuou no ataque buscando o empate, mas esbarrou no bom posicionamento da defesa rubro-negra, que segurou o resultado e foi para o intervalo com o placar a seu favor.

Veja também  Bremer e Lucas adotam discurso de união no Campinense e pedem apoio da torcida na Série C

Segundo tempo

Campinense Ferroviário(Foto: Samy Oliveira / Campinense)

Se nos primeiros 45 minutos o Ferroviário teve, até certo ponto, o domínio das ações, o controle na etapa final foi raposeiro. Isso porque na volta do intervalo a equipe paraibana voltou melhor, pressionou a saída de bola do Tubarão e criou ótimas oportunidades de ampliar o marcador. O Ferrão, com Edson Cariús, Dudu e Ruy tiveram boas chances de empatar o placar, mas quem estufou as malhas, mais uma vez, foi o Campinense. Aos 31 minutos da etapa final, Carlos Maia aproveitou falha na saída de bola do Ferroviário, carregou a bola e encheu o pé para marcar o segundo gol do Campinense. O gol foi um golpe de misericórdia no Tricolor, que não teve mais forças para reagir e não conseguiu buscar a reação.

Próximos compromissos

O Campinense volta a campo no próximo domingo, quando às 15h, vai encarar o Altos-PI no Lindolfo Monteiro, em mais uma decisão na luta contra o rebaixamento na Série C.

Já o Ferroviário recebe, no Presidente Vargas, em Fortaleza, o Vitória. Os três pontos contra o Leão da Barra são imprescindíveis na luta da equipe contra a degola.

Pedro Pereira

Redator esportivo do ge Paraíba e do Jornal da Paraíba

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Leia também

Campinense

Série C: dentro do Z-2, Campinense tem decisão contra o Ferroviário, primeiro clube fora da zona

Partida acontece no Estádio Amigão, às 17h, pela rodada #15 da Série C.

Campinense

Campinense contrata Willian Anicete e dispensa outros cinco atletas para a sequência da Série C

Atacante de 28 anos estava na Juazeirense na disputa da Série D. Por outro lado, Pedro Vitor, Serginho Paulista, Luiz Fernando, João Paulo e Mococa estão fora dos planos do clube.

Campinense

Bremer e Lucas adotam discurso de união no Campinense e pedem apoio da torcida na Série C

Jogadores Bremer e Lucas, contratados junto ao Atlético-BA, crêem que a união será importante na missão da Raposa em permanecer na Terceirona.

Cadastre-se na nossa newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *