Nasa revela imagem mais 'profunda' já feita do universo – ZERO83


Compartilhe

Nesta segunda-feira (11), a Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço (Nasa, na sigla em inglês), revelou a imagem mais profunda já feita do nosso universo, captadas pelo telescópio espacial James Webb. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, participou da cerimônia de anúncio. 

A imagem mostra onze galáxias invisíveis a olho nu. O evento estava originalmente programado para a terça-feira (12), às 11h30 (Brasília), mas devido pedido do próprio chefe de Estado norte-americano, a cerimônia foi adiada para a noite desta segunda-feira. 

As imagens do universo foram captadas pelo telescópio James Webb, o maior e mais caro telescópio já construído, que já na sexta-feira (8), teve prévias de fotos reveladas pela agência no Twitter (confira abaixo).

Talk about an overachiever!

Gaze at this test image — an unexpected & deep view of the universe — captured by Webb’s Fine Guidance Sensor (FGS) in May. Built by @csa_asc to point Webb precisely at targets, taking glamour shots isn’t even FGS’s main job: https://t.co/aQUAFHcNV5 pic.twitter.com/uYoh4t8PX2

— NASA Webb Telescope (@NASAWebb) July 6, 2022

Veja também  Por que trocar parabólicas com a chegada do 5G à Paraíba?

James Webb vai realizar trabalho complementar ao Hubble, telescópio que está em funcionamento desde 1990 e contribuiu com muitas descobertas para a ciência neste período. O novo telescópio começou a operar desde o final de 2021, quando foi lançado em órbita, e se encontra a 1,5 milhão de quilômetros da Terra.

Funcionando como um observatório especial, o James Webb consegue ”enxergar” objetos, como galáxias, estrelas e planetas fora do nosso sistema solar. Além disso, o trabalho do novo equipamento poderá ser superior ao do Hubble, já que ele opera em infravermelho e tem um espelho primário, que ajuda na observação das imagens, três vezes maior que o parceiro de trabalho.

Jornal da Paraíba

Deixe uma resposta Cancelar resposta

Leia também

Tecnologia

Por que trocar parabólicas com a chegada do 5G à Paraíba?

Nova tecnologia de internet móvel irá se utilizar da frequência 3.5 GHz, a mesma pela qual a TV aberta é transmitida via parabólica atualmente.

Tecnologia

Com a chegada do 5G, antenas parabólicas passarão a não receber sinal de TV Aberta

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deu prazo de 18 meses para que o sinal da TV Aberta em parabólicas passe a não funcionar.

Tecnologia

João Pessoa está entre as primeiras capitais que vão receber sinal 5G

Sinal 5G vai começar a funcionar no Brasil na quarta-feira (6), em Brasília.

Cadastre-se na nossa newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *