PF mais um suspeito de participação na morte de Dom e Bruno – Jornal Correio

Mais um suspeito de envolvimento nas mortes de Bruno Pereira e Dom Phillips foi preso epla Polícia Federal, nessa quinta-feira (7).  Rubens Villar Coelho, conhecido como Colômbia, usava um documento falso quando foi detido.

Ele foi levado à delegacia de Tabatinga para ser ouvido sobre suposta participação nos homicídios, mas negou. Rubens foi preso porque apresentou documentos falsos e foi preso em flagrante.

A pena supera 4 anos de prisão e não cabe fiança. A PF pretende pedir a prisão temporária dele para que possa aprofundar as investigações.

Desaparecimento Bruno e Dom tiveram o desaparecimento informado pela União das Organizações Indígenas do Vale do Javari (Univaja), na segunda (6). Eles sumiram no trajeto entre a comunidade de São Rafael e Atalaia do Norte, diz a entidade.

Dom Phillips fazia a viagem para realizar entrevistas para um livro que escrevia sobre a Amazônia. Bruno, servidor licenciado da Funai e profundo conhecedor da região e dos povos indígenas, o acompanhava. 

No dia 5, os dois deixaram o Lago do Jaburu para a comunidad  de São Rafael, onde o indigenista participaria de uma reunião. Eles chegaram lá por volta das 6h, conversaram com uma moradora e depois começaram a viagem de volta, mas jamais chegaram e não foram mais vistos. 

Baseado no Brasil há 15 anos, Dom Phillips era repórter e colaborava para várias publicações, incluindo o The Guardian. Ele morava em Salvador com a esposa, que é baiana.

Já Bruno era um servidor licenciado da Funai, sendo um dos indigenistas mais experientes do país. Segundo a Univaja, ele recebia várias ameaças de madereiros, garimpeiros e pescadores por conta do seu trabalho na Amazônia.

Os remanescentes humanos foram encontrados após o pescador Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como “Pelado”, ter confessado a participação no desaparecimento e indicado o local onde os corpos foram enterrados.

Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *