Prefeitura começa a entrega dos primeiros cartões do programa Prato Feito Carioca – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – prefeitura.rio

Trabalhadores informais recebem seus cartões na quadra da Portela – Beth Santos/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), entregou, nesta sexta-feira (1/7), os primeiros cartões magnéticos do programa Prato Feito Carioca, na quadra da Portela, em Madureira, e na Arena Jovelina Pérola Negra, na Pavuna. Os beneficiários são trabalhadores informais inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210. Até o fim de julho, o município disponibilizará um total de cinco mil cartões para trabalhadores de toda a cidade.

 

– O Brasil está vivendo uma crise econômica há muito tempo. E isso faz com que tenhamos algo que também não víamos há tempos: muita gente passando fome. Montamos um programa que busca minimizar esse impacto da crise na vida das pessoas. O trabalhador informal não tem carteira assinada, então não recebe vale-refeição. A Prefeitura vai dar esse vale-refeição por meio do cartão do programa Prato Feito Carioca. Isso vai permitir que o dinheiro suado que vocês ganham também possa ser usado em outras coisas – afirmou o prefeito Eduardo Paes.

 

O Cartão Prato Feito Carioca assegura ao beneficiário uma refeição por dia em qualquer bar ou restaurante conveniado, mesmo longe de sua casa. A ideia é garantir alimentação perto do local de trabalho, sem encargos para o usuário. O custo de cada refeição será subsidiado pela Prefeitura. O cidadão pode comer tanto no estabelecimento como levar a quentinha para onde quiser.

 

– O objetivo é que vocês se alimentem perto de casa ou do trabalho. Estamos fidelizando bares e restaurantes para que vocês possam usar o cartão. É uma garantia diária de segurança alimentar para todos vocês – disse a secretária de Assistência Social, Maria Domingas Pucú.

 

As inscrições para o cartão magnético Prato Feito Carioca foram realizadas entre os dias 15 de abril e 6 de maio, no site do programa.  A seleção dos beneficiários foi feita por ordem de inscrição, e a lista foi publicada no Diário Oficial do Município em 16 de maio.

 

– Estou feliz porque é mais uma conquista para o povo. É uma pequena refeição, mas é uma refeição que vai fazer a diferença. Vai ajudar todos que precisam – declarou a quituteira Luciana de Souza Ribeiro, de 47 anos, primeira trabalhadora informal a receber o cartão.

 

O cartão magnético integra o programa global Prato Feito Carioca, que tem implantado as Cozinhas Comunitárias Cariocas. Onze delas já estão em funcionamento e mais quatro serão inauguradas neste mês de julho. As cozinhas são para famílias vulneráveis com renda mensal per capita de até R$ 105, inscritas no CadÚnico. Cada cozinha disponibiliza 5.600 refeições por mês na própria comunidade onde vive o beneficiário.

Ao adotar essa política pública inédita no país, a Prefeitura teve por objetivo reduzir os efeitos dramáticos da pandemia e da crise econômica sobre a população carioca.

A alimentação oferecida tanto na Cozinha Comunitária Carioca quanto no Cartão Prato Feito Carioca é balanceada, de acordo com orientações da equipe de nutricionistas da SMAS que supervisiona constantemente a qualidade das refeições servidas.

Compartilhe

Categoria:

Marcações: Cartão Prato Feito Carioca Cozinha Comunitária Carioca Prefeitura do Rio Programa Prato Feito Carioca

Notícias

Avenida Niemeyer tem operação pare e siga para serviço de manutenção da Light

1 de julho de 2022

Ruas do Centro terão interdições para descolamento de carros alegóricos

1 de julho de 2022

Rio terá operação especial de tráfego para evento esportivo na região da Barra

1 de julho de 2022

Cristo Redentor recebe iluminação especial pelo Dia Municipal de Redução do Risco de Desastres

1 de julho de 2022

Programa Luz Maravilha avança nas ruas do Rio e chega à marca de 75% da cidade em LED

1 de julho de 2022

< Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *