Jogador esfaqueado é transferido para enfermaria no HGE; estado de saúde é estável – Correio de Alagoas: Notícias e Esportes

O jogador João Guilherme Clemente da Silva, 21 anos, que foi esfaqueado nessa quinta-feira (30) no Centro do município de Pilar, região metropolitana de Maceió, foi transferido para a enfermaria do Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Seu estado de saúde é considerado estável. De acordo com informações do hospital, o paciente está acordado…

O foi transferido para a enfermaria do Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Seu estado de saúde é considerado estável.

Divulgação

João Guilherme Clemente da Silva, 21 anos

De acordo com informações do hospital, o paciente está acordado e consciente e se recupera de procedimento cirúrgico realizado após ele dar entrada na unidade às 9h26, de ontem, ferido por arma branca na região superior do tórax.

De acordo com as informações apuradas pela equipe de reportagem do Alagoas24Horas, “Cabelinho”, como é conhecido, teria sido agredido por um dirigente do clube alagoano FF Sport Nova Cruz, que disputa a segunda divisão do campeonato estadual, onde atua, durante uma discussão.

O caso foi acompanhado pelo 8º BPM. Relatos de populares apontam que o autor teria fugido do local. A motivação da briga não foi revelada.

Boletim Médico João Guilherme Clemente da Silva Atualizado: 01/07/2022, às 16h28

O Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, informa que o paciente João Guilherme Clemente da Silva, de 21 anos, foi transferido para enfermaria, acordado e consciente, e seu quadro de saúde é estável. Ele chegou nesta quinta-feira (30), às 9h26, ferido por arma branca na região superior do tórax.

O clube se manifestou oficialmente sobre o caso. Confira:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *