Fundação Rio-Águas completa 24 anos de trabalho com drenagem urbana e saneamento da cidade – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – prefeitura.rio

Desvio do Rio Joana – Divulgação

Uma emblemática chuva que atingiu a Bacia Hidrográfica de Jacarepaguá, em 1996, foi o marco para que saísse do papel a criação de um órgão específico para o combate a enchentes no Rio de Janeiro. A Fundação Instituto das Águas do Município do Rio de Janeiro – Rio-Águas foi criada pela Lei nº 2.656 de 23 de junho de 1998 para cuidar da gestão do manejo de águas pluviais e do sistema de esgotamento sanitário da cidade do Rio de  Janeiro.

E nesta quinta-feira (23/6), ao completar 24 anos, segue atuando como órgão de referência em Drenagem Urbana e Saneamento na cidade. Com novos projetos e obras em curso, a Fundação tem como um dos principais desafios, no momento, acompanhar o projeto que dará solução definitiva aos alagamentos de Jardim Maravilha, na Zona Oeste.

 

– A Fundação Rio-Águas é o órgão técnico da Prefeitura do Rio especializado em drenagem urbana e saneamento. Com as mudanças climáticas, nosso trabalho é importante para tornar a cidade mais resiliente às chuvas. Temos uma geografia entre o mar e as montanhas que favorece às enchentes, por isso, trabalhamos diariamente com projetos, obras e limpeza de canais, para garantir o fluxo das águas pluviais e o menor impacto das chuvas sobre a população – destacou o presidente da Rio-Águas, Wanderson Santos.

 

O Reservatório da Praça da Bandeira, entregue em 2013, ainda em construção – Divulgação

 

Em mais de duas décadas de trabalho, foram realizados grandes projetos e obras com foco na resiliência da cidade quanto às chuvas e inundações, como os reservatórios contra enchentes da Grande Tijuca; o desvio do Rio Joana, que é a maior obra de drenagem em túnel do país feita em uma cidade; as obras de recuperação da Bacia Hidrográfica de Jacarepaguá; diversas intervenções de urbanização e drenagem em bairros da cidade; além da limpeza e da manutenção de rios e canais, que acontece o ano inteiro.

 

Limpeza de rios e canais da cidade – Divulgação

 

– A Rio-Águas tem função essencial na prefeitura, no licenciamento de obras de  drenagem de toda a cidade, sejam públicas ou particulares; elaborando e executando obras de drenagem e infraestrutura, que contribuem para uma cidade mais preparada para receber fortes chuvas – destacou a secretária municipal de Infraestrutura, Jessick Trairi.

 

A Rio-Águas é um dos órgãos vinculados à Secretaria Municipal de Infraestrutura. Ainda este ano, a Fundação Rio-Águas completa 10 anos que desempenha a função de ente regulador e fiscalizador da concessão municipal de esgotamento sanitário, na Zona Oeste. A regulação da prestação dos serviços contribui para que hoje um milhão de moradores contem com esgoto coletado e tratado, de Deodoro a Guaratiba. Os índices subiram de 5% para 56% de cobertura com esgoto tratado nos bairros atendidos pela concessão do município.

Compartilhe

Categoria:

Marcações: drenagem fundação rio-águas Infraestrutura Prefeitura do Rio prefeitura do Rio de janeiro saneamento

Notícias

Loucura Suburbana homenageia Dona Ivone Lara com roda de samba no Engenho de Dentro

22 de junho de 2022

Vila Olímpica do Rio tem professora bicampeã brasileira de Kickboxing

22 de junho de 2022

Geo-Rio realiza implosão de rocha na Avenida Estado da Guanabara, em Grumari

22 de junho de 2022

Linha Vermelha terá interdições parciais para serviços de iluminação

22 de junho de 2022

Maracanã terá esquema especial de trânsito para jogo do Fluminense pela Copa do Brasil

22 de junho de 2022

< Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *