Prefeitura assina termo de retomada da gestão do Velódromo do Parque Olímpico da Barra – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro – prefeitura.rio

Velódromo passará a abrigar diversas atividades esportivas, além de um museu olímpico – Beth Santos/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio e o Ministério da Cidadania assinaram, neste sábado (18/06), no Parque Olímpico da Barra, o termo de retomada da gestão do Velódromo pela Prefeitura. A devolução faz parte dos planos de legado do Parque Olímpico. O Velódromo passará a abrigar todas as atividades esportivas realizadas atualmente na Arena 3, além de um museu olímpico. Construído para os Jogos do Rio, em 2016, o equipamento abrigou as provas de ciclismo de velocidade.

 

– Estamos dando continuidade a uma parceria não só em relação ao Parque Olímpico da Barra como também ao legado olímpico. Está em desenvolvimento o projeto em que teremos aqui no mezanino do Velódromo um museu para contar a história dos Jogos Olímpicos, em especial dos Jogos Rio 2016. Então, só tenho a agradecer ao Governo Federal pela parceria e pela assinatura do termo que devolve ao município a gestão do Velódromo a partir de 1º de agosto – disse o secretário municipal de Coordenação Governamental, Jorge Arraes, representando o prefeito Eduardo Paes.

 

Atualmente são mais de duas mil pessoas atendidas de forma gratuita na Arena 3, em atividades como academia, badminton, balé, basquete, corrida e caminhada orientada, funcional, funcional – kids, futsal masculino e feminino, ginástica, handebol, MMA, jiu-jítsu, caratê, muay thai, ritmos, skate, tênis de mesa, tecido acrobático, vôlei, halterofilismo paralímpico, além de atendimento de fisioterapia e realização de eventos esportivos.

 

– Agradecemos a parceria com a Prefeitura do Rio. Desde nossa primeira reunião, temos dado continuidade ao trabalho de manutenção do Parque Olímpico, não só o da Barra como também o de Deodoro. Sem essa harmonia essa assinatura não seria possível. Temos um único objetivo: dar uma boa destinação a todo o legado que ficou dos Jogos do Rio – afirmou o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento.

 

Ainda segundo o projeto do legado olímpico, a Arena 3 será transformada em um Ginásio Experimental Olímpico (GEO) e seguirá sendo administrada pela Prefeitura do Rio, com capacidade para receber 850 alunos em horário integral, com 24 salas de aulas, laboratórios de ciências e mídias e duas salas multiuso. A escola terá a prática de oito modalidades: judô, lutas, tênis de mesa, futsal, basquete, handebol, voleibol e tiro com arco.

O GEO foi uma iniciativa da Prefeitura criada desde o anúncio de que a cidade seria sede dos Jogos Olímpicos. Atualmente, o Rio conta com dez escolas voltadas para o esporte. Quatro no primeiro segmento do Ensino Fundamental: Benfica, Guaratiba, Senador Camará e Santa Cruz. E outras seis no segundo segmento: Santa Teresa, Caju, Realengo, Pedra de Guaratiba, Santa Cruz e Ilha do Governador.

 

– Vamos seguir oferecendo a mesma qualidade para a população, agora com as atividades gratuitas sendo realizadas no Velódromo. É um passo importante na retomada do legado olímpico, que sempre foi um compromisso da gestão do prefeito Eduardo Paes – afirmou o secretário municipal de Esportes, Francisco Bandeira, acompanhado do secretário Especial do Esporte do Governo Federal, Marcelo Magalhães.

 

Até o fim do ano, a Prefeitura do Rio já tem agendado mais de 80 eventos nas arenas que compreendem o Parque Olímpico, incluindo o Velódromo. Recentemente, o equipamento recebeu o Campeonato Brasileiro de Ciclismo. E, há nove meses, os atletas da Federação Brasileira vêm treinando no local pelo menos três dias por semana.

Compartilhe

Categoria:

Marcações: Esporte Parque Olímpico da Barra Prefeitura do Rio Retomada da gestão Velódromo

Notícias

Comlurb envia caminhões e garis a Petrópolis para ajudar na remoção de escombros do temporal de fevereiro 

18 de junho de 2022

Pista central da Avenida Presidente Vargas é interditada para obra emergencial

18 de junho de 2022

Prefeitura do Rio anuncia a reforma do Piscinão de Ramos

18 de junho de 2022

Prefeitura anuncia a chegada de investimentos em reurbanização nas zonas Norte e Oeste

17 de junho de 2022

Município recebe empréstimo de R$ 700 milhões do Banco Mundial para fortalecer gestão fiscal

17 de junho de 2022

< Voltar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *